LooKbook

Masculine and chic

10.03.16
HELLO!
dsc_0193

Na semana passada deparei-me com uma situação não muito agradável que quero partilhar com vocês.

Eram apenas 7h25 da manhã, entrei no comboio como de costume, e segui o meu irmão (companheiro de viagem pela manhã) que com os seus olhos de águia, se encarrega de encontrar dois assentos confortáveis. Sentamo-nos, como de costume, e apercebi-me que as minhas queridas vizinhas do lado não paravam de olhar para mim. Pus-me então a espreitá-las pelo reflexo do vidro, historia de perceber o que ali se estava a passar. Uma das minhas queridas vizinhas (que rondavam os 15 anos) estava descaradamente a me olhar de cima a baixo, e a rir-se dos meus sapatos (que poderão ver daqui a alguns instantes). A tal rapariga, teve ainda a ousadia de chamar a sua amiga para as duas, gozarem daquilo que eu trazia nos pés.

Sou uma pessoa de pavio curto. Tento sempre manter a calma, mas tenho tendência a explodir facilmente. Só que apercebi-me que não vale a pena dar atenção a pessoas ignorantes, e por essa mesma razão ignorei. Não vou dizer-vos que não me chateou, porque chateou e muito. Claro que não me estragou o dia, mas estragou-me a manhã, e acreditem que costumo levantar-me muito bem disposta e fazer o diabo ao meu irmão, que acorda sempre com demasiado sono para me dar trela.

À algum tempo atrás (muito tempo atrás), tinha medo de vestir o que gostava por este motivo, por ter medo daquilo que os outros pensam. E claro que ninguém gosta de ser gozado, e na minha opinião, ninguém e obrigado a aceitar desaforos. Acredito que gozar não e um pecado, mas existem formas discretas, elegantes e educadas de fazê-lo; olhar, pensar “não gostei”, talvez até mesmo rir-se e comentar com o amigo, mas sem que a pessoa em questão se aperceba, pela simples razão de não ferir os seus sentimentos, e porque ela é livre de fazer as suas escolhas, e ninguém é digno o suficiente para julgar tais escolhas. Uma coisa é receber uma critica construtiva, que aceito de braços abertos, outra é gozarem apenas porque sim. Agora que partilhei esta historia um pouco menos feliz, vou mostrar-vos os tais sapatos.

dsc_0191

dsc_0233 Naqueles dias sem inspiração, onde a preguiça fala mais alto, tenho tendência a optar por looks mais simples e descontraídos. Este look é exatamente assim. Simples, com um toque masculino e elegante ao mesmo tempo.

Como o look é completamente preto e branco, decidi dar-lhe um toque de cor com este casaco que adoro da Zara. E uma ótima peça de transição para este tempo mais frio. Conjuguei umas leggings bem básicas com uma blusa que tem um bonito corte nas costas.

dsc_0216

 Os sapatos também eles da Zara, sao a minha paixão. Ja vos tinha dito que tenho uma tara por sapatos em bico, e não estava  mentir. Sim apesar de terem um aspecto mais masculino, os sapatos são de mulher. Agora a bolsa sim, é de homem, e eu adoro-a. Comprei-a com o intuito de a usar diariamente (para levar roupa de ginásio, marmita e tudo mais), e não me arrependo. Por ser completamente preta, ela pode ser combinada com tudo, e apesar e ser grande é super prática.

dsc_0271 dsc_0235

E vocês, ja passaram por algo parecido? Espero que tenham gostado. Um beijinho grande e até à próxima! 

Bolsa: H&M
Calças: New Yorker
Sapatos: Zara
Top: Asos
Casaco: Zara

3 comments on “Masculine and chic”

  1. Os teus sapatos são BRUTAIS, as miúdas são tolas, só pode! Infelizmente também já passei por situações do género e por mais que tentemos ignorar, acaba sempre por afetar um pouco. Mas enfim. Este tipo de look descontraído fica-te super bem! Admito que o que mais me chamou à atenção foi mesmo esse blusão amarelão e lindo! E eu que nem sou uma pessoa de amarelo. 😀 Gostei muito!
    Obrigado pela tua dica minha linda, muito provavelmente vai mesmo ser essa cola que vou comprar. <3
    Um grande beijinho

  2. Sara esses saptos são um espectáculo e usava-os sem nenhum problema.
    A ignorância e falta de gosto é um problema muito comum na nossa sociedade de mentalidade atrasada. Sê diferente, sê o que tu queres ser e sê feliz sobretudo.
    Bem ou mal vai existir sempre quem fale! Deixa falar essas mentes retrogradas, és superior!

    Estás linda e esse jacket é um mimo nesse conjunto! Bjs
    Coco and Jeans by Marisa x My Instagram x My Bloglovin

  3. Olá querida! Quanto ao óleo de côco, o meu também é grosso mas quando o retiro deixo-o derreter um bocado na minha mão devido ao nosso calor corporal e fica logo líquido e pronto para aplicar no cabelo! Quanto ao post, acho que fizes-te bem em não dizer nada, ignorar às vezes é a melhor solução, mas nunca deixes de usar o que gostas pelo que as outras pessoas irão achar. Nunca vamos agradar a todos por isso mais vale agradarmos a nós próprias 🙂
    Beijinhos <3

    http://www.losingmamind.blogspot.pt

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *