LooKbook

A sunny day

02.06.17
HELLO!
DSC_0075

Mais uma etapa terminada, novas etapas por alcançar.

No dia 31 de janeiro, o meu estágio chegou ao fim. É incrível com o tempo passa a voar, sem mesmo nos dar-mos conta disso. Ainda ontem tinha começado, e ainda ontem já estava eu a acabar. Foi sem dúvida uma excelente experiência, que vou de certo levar comigo para toda a vida. Consegui aprender comigo mesma que é preciso ter mais confiança, ter menos medo e arriscar. Superei-me em vários momentos, arrisquei em muitos outros, tive dias bons dias menos bons. Por vezes senti-me cansada, farta. Em tantas outras vezes senti-me empolgada, entusiasmada. Tudo isso faz parte, tudo isso fica, e é com tudo isso que aprendemos.

É verdade que não foram meses fáceis, quando penso que perdia pouco mais de 3h30 por dia apenas em transportes, e que mesmo assim, ainda arranjava coragem de ir ao ginásio (por vezes com muito custo). Também não foi fácil chegar a casa quase todos os dias às 21h e não ter tempo para mim, mas são coisas que nos fazem ficar mais fortes, e dar o devido valor àquelas pequenas coisas que no dia a dia, não parecem ser assim tão importantes.

Hoje recomeça uma grande etapa na minha vida. Confesso-vos, dos meus pensamentos mais íntimos, que estou com medo, que não me sinto confiante, que não tenho grandes pensamentos positivos. É o meu último ano de curso, e até junho vou ter dias aterradores pela frente. Exames finais de alemão, história da arte e inglês. Para não esquecer todos os projetos práticos de design gráfico, e os exames teóricos sobre a profissão. Por vezes pergunto-me o porquê de exigirem tanto de nós? Sinto-me cansada, e revoltada, muito revoltada. É triste quando nos dizem que temos que escolher entre a escola e os nossos hobbies. Quer dizer que temos que viver escola-casa todos os dias, e esquecer que se calhar, devíamos tentar aproveitar a vida ao máximo, enquanto podemos?

Por vezes tenho vontade de explodir, quando penso em tudo o que exigem de nós, e pergunto-me o para quê? Será que é mesmo a papelada e todo o trálala que vem junto que interessa? Talvez seja, mas e aproveitar a vida, amar, viver, ser, querer, fazer? Qual é a importância de tudo isso? Será inexistente? Vão ser dias difíceis, mas espero conseguir superar os obstáculos e obter o meu diploma. Só para terem uma ideia, aqui na Suíça existem vários diplomas, sendo o que eles chamam de CFC o mais básico, ou seja o papelinho que nos permite exercer uma profissão e ter um salário adequado a ela. Após ter o CFC (que é o diploma que fazemos após acabar o 9º ano), podemos adquirir uma maturidade profissional (que é outro diploma, que nos dá a possibilidade de entrar na universidade, ou ter melhores condições de trabalho).

DSC_0128 DSC_0126

Na minha escola, fazemos o CFC e a maturidade ao mesmo tempo, o que significa que desde o primeiro ano, tive aulas práticas (fotografia, tipografia, design gráfico…), e aulas teóricas (francês, alemão, matemática, direito, história da arte…). No ano passado fiz 3 exames para a maturidade (francês, direito e matemática), e este ano tenho os outros três que mencionei a cima. Não vai ser fácil conseguir a minha maturidade, visto que a minha nota a matemática é péssima, mas espero conseguir pelo menos, o meu CFC. Vou me esforçar ao máximo, e dar o meu melhor, o que estiver para acontecer, acontecerá. Daqui até lá, não vou pensar muito nisso.

Talvez fique com menos tempo para o blog, mas mesmo assim vou tentar manter os dois posts por semana. Também talvez não responda logo aos comentários, mas mesmo que seja tardia, a resposta vai sempre chegar aos vossos blogs, espero que compreendam.

DSC_0133 DSC_0132 DSC_0130

Sem mais demoras, vamos passar ao look. Para ser sincera, não gosto nada destas fotografias. Mas então o que é que as fotografias têm de mal, perguntam vocês? Estava um dia muito bonito, e eu coitada, esqueci-me dos meus óculos de sol em casa. Escolhi este lugar para tirar as fotos porque me dava jeito, digamos assim, só que o sol estava a bater de frente. Além da qualidade das fotos não ficar excelente, a minha cara ficou terrível. Não conseguia olhar para a camera, e fiz “caras e bocas”. Quando me apercebi que as fotos não estavam do meu agrado, tentei pôr-me à sombra, mas já não deu tempo para tirar muitas fotos. Mesmo assim, decidi publicar, visto que algumas das fotos tiradas à sombra não ficaram assim tão más, e também porque o tempo não tem cooperado comigo para que eu pudesse fotografar o look de novo.

DSC_0093

DSC_0117 DSC_0118 DSC_0114

O look é simples, confortável e prático para o dia a dia. Usei este casaco de pelo falso da H&M para dar um toque de cor ao look que é bem sombrio. Tenho andado nesta vibe de cores escuras, e não consigo me livrar dela! Usei estas calças rasgadas, um dos únicos achados que consegui fazer nos saldos. Gosto imenso delas, porque acho que dão um “up” em qualquer look mais clássico. Conjuguei as calças, com esta camisa, também da Zara, que apesar de ser bem básica, tem uns detalhes em cinzento metalizado, que a tornam irreverente. Usei estas botas de couro da Zara, das quais gosto imenso por serem as botas mais confortáveis que tenho.  A bolsa, tem sido uma das quais mais tenho usado nos últimos dias. É básica, e cabe tudo lá dentro, apesar de parecer pequena.

DSC_0104 DSC_0101 DSC_0099 DSC_0108

Espero muito que tenham gostado! Um muito obrigada pela visita, e até à próxima. Beijinho grande <3

Jeans: Zara
Casaco: H&M
Sapatos: Zara
Camisa: Zara
Bolsa: River H&M

 

21 comments on “A sunny day”

  1. As fotos ficaram óptimas! Acho que não foi preciso te preocupares tanto 😛 Quanto ao teu curso, espero muito que consigas, eu já tive que deixar um blog para trás para concluir o meu curso, sei o quão difícil é, especialmente quando se ama o trabalho que fazemos no blog. Mas vá com calma e não desistes, nem que tenhas de fazer um post por mês :P. Eu por uma compreendo e irei continuar a vir cá ler os teus posts e comentar 😉

    Beijos!

    1. Resposta ao teu comentário – Uma das minhas melhores amigas também é uma viciada da Samsung (e com razão, é uma marca 5*, mas pronto eu e a Asus temos muita história juntos :P). E quanto à história do casaco, foi mesmo hilariante, não para o meu casaco claro :P. eheh. WooHoo alguém como eu!! As calças da Zara são mesmo lindas mas parece que são feitas para um certo corpo e ponto final.

      Sim conheço a lookfantastic, mas ainda não encomendei nada de lá, mas já vi que tem preços excelentes! Queria mesmo era experimentar a Nars Sheer Glow. Lol, somos muito parecidas então, também pensava que tinha uma pele com sub tons dourados/amarelos, o típico quente e não frio, mas acabei por descobrir que sou neutra, se eu usar uma base com sub tons quentes fico super amarela, e se usar uma base com sub tons frios fico demasiado rosa…tem mesmo de ser no meio (o que é difícil de encontrar!). Obrigada pela sugestão, vou dar uma olhada 😉

      Ehehe, acho que vou mesmo arriscar nas madeixas…também já pensei em cortar curto, mas para já ainda tenho algum medo (já tenho cabelo comprido há 6, 7 anos!).
      E olha que a franja fica te super linda! Pode mesmo ser do calcário, já ouvi falar que a impureza da água afecta bastante o aspecto do cabelo. Onde moro a água também é muito calcária, por isso é que preciso de imensos produtos de hidratação e mesmo assim ele é seco. (E sempre que vou de férias mal preciso de produtos, que o cabelo fica sempre lindo). Sei que há filtros próprios para águas calcárias e até champôs que ajudam a limpar em profundidade o calcário para ele não ir secando/danificando o cabelo. Podes sempre experimentar e ver se é mesmo isso.

      Beijos!

  2. Gosto imenso do casaco!

    Percebo o que dizes entre escolher trabalho ou “vida”. Estou a acabar o meu mestrado e a estagiar ao mesmo tempo e parece que ou passamos o tempo todo a trabalhar ou temos maus resultados mas temos uma vida. Não entendo como é que nos tempos onde vivemos ainda não se conciliam as coisas todas. Uma pessoa feliz trabalha muito melhor e motivada 🙂

    Como sabem o blog tem parceria com a Chiado Editora e durante o mês de Janeiro recebi mais um livro para vos mostrar. Se ainda não viste a resenha do último livro podes ler aqui.

    O título deste livro chamou-me logo à atenção, Diário de Bordo – Histórias de uma comissária de vôo no Oriente Médio, e desde que li a sinópse deste livro que sabia que ia ser o próximo que iria ler.

    Sinópse:
    “Como é ser comissário/a de bordo? Será este o melhor trabalho do mundo? Este livro tenta responder a estas e outras perguntas. Ele é uma coletânea de algumas memórias de vôos de uma comissária de bordo nos Emirados Árabes Unidos. Ele mostra como é o estilo de vida e o trabalho de uma pessoa que exerce essa função e tenta desmistificar o mito que as pessoas criam ao redor desta profissão, ele narra algumas reflexões e experiências pessoais vividas neste meio, seja durante os vôos ou durante os pernoites em outros países.”

    Quem nunca sonhou em ser comissário de vôo e poder voar e ver o mundo inteiro? Eu sempre tive esse pequeno desejo, talvez não de trabalhar pelo mundo inteiro mas sim de o ver, e saber como é a vida de uma hospedeira era algo que tinha muita curiosidade.

    O livro chegou a meio de Janeiro e li-o no próprio dia, talvez em quatro horas, de tão entusiasmada que estava. O livro é pequeno, tem apenas 128 páginas e é muito fácil de ler. A autora é brasileira e o livro está escrito assim mesmo. Apesar de algumas gralhas que pude encontrar no texto, este é muito fácil de ler, algumas frases fazem confusão quando as lemos a primeira vez por não estar na nossa gramática mas nada que uma segunda leitura não resolva.

    Mas e o que achei do livro? Bem, eu fiquei com imensa vontade de ser hospedeira embora o livro retrate bem a quantidade de horas que estas pessoas trabalham e algumas situações nada agradáveis pelo que têm de passar. É um estilo de vida diferente, aventureiro, que pode ser solitário por vezes mas que também vos leva ao mundo inteiro e onde conhecem constantemente pessoas novas. Era algo que não me importaria de fazer numa fase da minha vida (nada de muito eterno).

    Se também têm este bichinho de voar pelo mundo ou mesmo de serem comissários de bordo acho que deviam sem dúvida ler este livro. É muito leve e fácil de ler e como disse em cima conseguem ler num dia.

    http://ayellowrain.blogspot.com/

  3. Pensa que é um último esforço, que está quase. Ajudou-me encarar assim quando estava a terminar a faculdade.
    Para variar, adoro o look 🙂

  4. Adorei o look, impecável. Vive a vida tranquilamente. Eu sei de uma coisa, estudei e atualmente ‘não exerco a profissão que escolhi’ (na ótica da sociedade, porque estudar nunca é demais, independentemente de se exercer ou não) e descobri que tenho tantos hobbies que gosto e que me faz feliz ter tempo para eles.
    Beijinhoo
    RITISSIMA BLOG

  5. Tenho certeza que tudo dará certo no final se fizermos o nosso melhor Sara. Entendo bem o que você está dizendo, também me formo nesse ano e é tanta coisa sem necessidade que me tira do sério também.
    Adorei o look, principalmente a calça!

    rasgadojeans.blogspot.com

  6. Boa sorte para os teus estudos! Que tudo corra bem e que tenhas muito sucesso! Também ando cheia de trabalhos práticos (felizmente não tenho nada teórico no meu curso) no segundo semestre e estou com imenso receio de falhar. Faz parte! Espero superar mais um semestre haha! Em relação ao look, estás super gira com esse casaco super fluffy :3

    http://free-colors.blogspot.pt/

  7. Vais ver que tudo vai correr bem com os teus exames e tenta te abstrair um pouco. Demasiado foco te dará muito stress e não será bom para a tua saúde! Pensamento positivo, por favor não nos abandones mas leva o tempo que achares fundamental!
    Não gostas das fotos e entendo que por vezes temos esses devaneios. Passo muito por isso!
    Estão linda e será impossível alguma vez não ficares bem. ÉS uma boneca!
    Beijinhos e muito, muito obrigada pelo teu comentário.
    Coco and Jeans by Marisa x My Instagram x My Bloglovin

  8. Obrigada querida! É uma boa dica a do beauty blender umedecido, vou experimentar para uma próxima vez! 😀

    Em relação ao post, eu entendo o quão difícil esteja a ser para ti e tens que pensar que um dia isso vai passar e que melhores dias virão! E também que todo o esforço que estás a fazer agora vai valer a pena para o futuro e um dia vais olhar para trás e até ter algumas saudades! Acredita, eu já passei por momentos bastante cansativos e hoje olho para trás e só me ficaram as coisas boas 🙂 Fazes design gráfico? 😀 Fixe! Eu sou designer de interfaces e também faço um pouco de design gráfico 🙂 Espero que tudo corra bem e que possas relaxar um pouco e aliar o stress que é importante!! Tirar horas para ti e para descansares é algo que é também preciso 🙂

    Beijinhos*****
    http://www.julieverafter.blogspot.com

  9. Percebo bem esse espírito de revolta. Estou agora a acabar o 12ºano (sim, ainda nem à universidade cheguei) mas também já sinto isso. Não sinto que vivi a minha adolescência como devia, sabes? Os 16 anos passaram (essa idade tão caricata) e eu nem os vi. Não temos liberdade de sermos jovens, e acho que isso não deveria ser imposto a ninguém.
    Enfim, espero que corra tudo bem e nunca, mas nunca te esqueças de acreditar em ti. Essa é a parte principal <3
    Beijinhos,
    An Aesthetic Alien | Instagram | Facebook

  10. Tenho a certeza que vais concluir o teu curso e que vai correr tudo bem, és uma rapariga cheia de garra! 😀 Bem sei o que é tirar uma série de fotos com o sol direccionado para o rosto e depois perceber que não gosto nada! Ahah. Mas olha que as tuas fotografias estão ótimas 🙂 Quem me dera ficar tão bem quando tenho a luz a incidir-me nos olhos! Eheh. Gosto muito do teu look, o casaco é tão fofinho <3 Estás linda!
    Beijinhos querida

  11. Adore os look, as fotos não ficaram ruins.

    Bom sobre a carreira profissional é algo muito difícil, estou quase terminando meu curso, e vou fazer outro em infirmática de nível técnicos. Estou sainda da graduação com a sensação de não saber nada e de não estar preparada, coisas da vida.

    As vezes acho que o universo acadêmico cobra muito da gente, e ainda as vezes também percebo que professores universítários deixam de viver sua vida para viver uma vida dentro da universidade, apresentar trabalhos, escrever livros e artigos e acabam vivendo só para isso. Acho que é questão de escolha.

    Boa sorte!

  12. Mais uma vez, as palavras que escreveste podiam ter sido escritas por. Estou no segundo ano de mestrado e a minha tolerância para tudo o que tem a ver com universidade e estudos está a zeros. Sinto, tal como tu, que exigem demasiado de nós, o que faz com que andemos constantemente cansados e sem tempo para nada. Mas bem, espero mesmo que consigas o teu diploma! Pensa que é um último esforço.
    Quanto ao look, eu cá acho que as fotos ficaram muito bem. Gostei do cenário, das cores, de tudo. O casaco é lindo e essas botas ainda mais 🙂
    Kiss, Mariana Dezolt
    Messy Hair, Don’t Care

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *